Dom, 20 de Janeiro de 2013 20:44      ACESSOS: 8967
Imprimir PDF
ivan_fernandez
O atleta espanhol Ivan Fernández Anaya, de 24 anos, não venceu a prova de cross country de Burlada, em Navarra, no último dia 2, mas até hoje está sendo cumprimentado, elogiado, aclamado por sua atitude de honestidade durante o evento.
O atleta queniano, Abel Mutai, medalha de ouro nos 3000m com obstáculos em Londres, estava prestes a ganhar a corrida.
Mas parou no lugar errado, achando que tinha alcançado a linha de chegada.
Ivan Fernández Anaya, o segundo colocado, se aproximou e, em vez de ultrapassá-lo, alertou o líder sobre o equívoco e o conduziu para confirmar sua vitória.
Em outras palavras Ivan negou-se a conquistar a prova.
Ele estava a 10 metros da bandeira da chegada e não quis aproveitar a oportunidade para acelerar e vencer.
Gesticulando, para que o queniano compreendesse a situação e quase empurrando-o levou-o até o fim, Ivan Fernandez deixou o colega vencer a prova como iria acontecer se ele não tivesse se engado sobre o percurso.
corredor_honesto
Ivan, que é considerado um atleta de muito futuro (campeão da Espanha nos 5.000 metros, na categoria há dois anos) ao terminar a prova, disse: "Ainda que tivesse me dito que ganharia uma vaga na Seleção espanhola para disputar o Campeonato Europeu, eu não teria me aproveitado . Acho que é melhor o que eu fiz do que se tivesse vencido nessas circunstâncias. E isso é muito importante, porque hoje, como estão as coisas em toda sociedade, no futebol, no sociedade, na política, onde parece que vale tudo, um gesto de honestidade vai muito bem. "
Tantos dias depois do ocorrido, a história continua sendo exaltada no noticiário e nas redes sociais.
Neste sábado, em seu blog, Fernández comentou a repercussão de sua atitude, que continua sendo elogiada duas semanas depois.
"Hoje está sendo um dia especial para mim --ou melhor, muito especial-- nunca pude pensar que meu gesto com Mutai chegaria aonde está chegando. Estou em uma autêntica nuvem, são muitos os comentários, entrevistas, reportagens sobre o sucedido. Queria agradecê-los por tudo o que vocês fizeram por mim", escreveu.
O que chamou a atenção de todos foi algo que deveria ser básico no ser humano, mas tem sido excessão: a honestidade.
"Eu não merecia ganhá-lo. Fiz o que tinha que fazer", afirmou Fernández em declaração reproduzida pelo jornal 'El País', da Espanha.  
Com informações da Folha.

 

 

 

 

 

 

 

 

Última atualização em Seg, 21 de Janeiro de 2013 20:37

Comentários

#1 21/01/2013 00:12
Atleta com A MAIÚSCULO.
Nem tudo está perdido!.
Que venham mais atletas assim, o mundo do esporte precisa desta CORAGEM.
ANA MARIA STARLING SOARES
#2 21/01/2013 19:27
Parabéns Ivan Fernandez.
Como vc mesmo disse, atitudes que deveriam ser básicas na prática humana, estão sendo excessões.
Ainda bem que tem pessoas como vc que não perdeu a oportunidade de demonstrar para o mundo, como um homem honesto deve proceder.
"A medalha da honestidade é sua e ninguem terá como tirá-la de você".
Parabéns, parabéns....
Que Deus te ilumine sempre!!!!!!!!!!
João de Deus Neto.
#3 22/01/2013 19:47
ÓTIMA matéria... mas, por favor, exceÇão e não exceSSão.
#4 05/03/2013 12:38
ME EMOCIONEI...POIS É DIFÍCIL VER HOJE EM DIA A PALAVRA HONESTIDADE.POR ISSO QUE RENDEU TANTAS MATÉRIAS.ISSO É SÓ COMEÇO DOS NOVOS TEMPOS.PRECISAMOS MOSTRAR MAIS REPORTAGENS COM ESSE TIPO DE ENSINAMENTOS QUE HOJE SÃO RAROS.LINDO.
#5 13/03/2013 01:00
Como está o nosso planeta, as pessoas estão desacostumadas de verem pessoas honestas que até emocionam-se quando veem uma, mas está melhorando né?, de vez em quando aparece uma, e a frequencia está aumentando,ainda bem,esta são as marcas do fim da era do erro (mal), estamos entrando na era do acerto(bem),portanto chamemos a atenção dos nossos próximos para o que está ocorrendo,principalmente nossos filhos e netos,pois assim eles poderão ajudar na implantação da nova era.
#6 13/03/2013 01:11
Oi Andréia, a excessão ou exceção, no momento não é prioritário, a exceção,excessão ou excesão é o ato do rapaz a forma de externarmos a nossa admiração, neste momento não está dizendo muita coisa, sejamos além de honestos compassivos com os erros alheios, pois isto também é difícil de encontrarmos.
P.S: EU TAMBÉM NÃO ESTOU COMPASSIVO E NEM COMPREENSÍVEL , COM O ERRO, PERDOE-ME
#7 17/04/2013 22:33
Muito lindo o comportamento desse atleta, se todos agissem com tamanha honestidade teríamos pessoas mais felizes!
#8 25/06/2013 21:39
"O que chamou a atenção de todos foi algo que deveria ser básico no ser humano, mas tem sido excessão: a honestidade". Ahhhhh!!!! Eu ia comentar isso. Mas, tudo bem! Inversão de valores, ser bom tá fora de moda, o (i)mundo é dos mais espertos. Ele pensou rápido e fez o certo, isso tem um nome educação doméstica, formação, o freio bem calibrado dos valores aprendidos.
#9 23/07/2013 21:44
Boa notícia - bom exemplo!
#10 05/09/2013 01:02
Parabens ao Ivan decisao inteligente como num jogo de xadrez !!!Aproveitando a deixa do jogo de xadrez ,quem quiser perder umas partidas de xadrez pra mim ,e so entrar no buho21 e enfrentar o NOVAPONTE ,meu nick ,fica tranquilo eu vou te dar um cheque mate muitissimo rapido .Se vc for profissional vai ser um mate muito rapido cria coragem e vem ser derrotado!
#11 Fernando 14/08/2014 00:00
Se não fosse esse comentário, nunca saberia a forma correta da palavra "exceção", obrigado pela valiosa informação, Andréia, e, parabéms por sua humildade.

Adicionar comentário

Incorreto, tente novamente.
Digite o texto acima: Digite o número do audio:
Compartilhe
Facebook
Twitter
Google+
RSS
 

SÓ NOTÍCIA BOA