Qua, 16 de Maio de 2012 11:14      ACESSOS: 2958
Imprimir PDF
bebedeira
Pesquisadores da Escola de Medicina de de Yale descobriram uma substância que corta os efeitos da bebedeira.
Nenhuma das reações como fala enrolada, euforia, tropeços, seriam sentidas e o melhor de tudo, ajuda na cura do alcoolismo.
A substância chamada iomazenil teria a capacidade, segundo os cientistas de cortar os efeitos do álcool no cérebro.
A explicação é que a produção de serotonina, neurotransmissor que controla o prazer, humor e ansiedade e que o álcool estimula passa a não acontecer mais.
Ainda segundo os cientistas a medicação tem o potencial de bloquear as ações do álcoo no sistema nervoso central e poderia agir como um medicamento único no tratamento de intoxicação alcóolica e alcoolismo.
A eficácia já foi comprovada com alguns testes.
No entanto, eles ainda querem fazer mais testes com voluntários entre 21 e 35 anos que irão tomar o medicamento antes de começar a beber e, depois de algumas doses, participarão de testes em um simulador de direção.
Se tudo der certo os cientistas esperam que até os motoristas não tenham problemas de coordenação motora após a bebedeira.
Informações da Revista Superinteressante e Daily Mail.
Última atualização em Qua, 16 de Maio de 2012 11:37

Comentários

#1 17/05/2012 03:12
Tenho dúvidas se essa notícia é realmente boa, por que parece-me que é mais um paliativo para resolver com remédios um problema que é de ordem comportamental. É como tomar anfetamina para emagrecer, pois é mais fácil que fazer reeducação alimentar e exercício.
#2 17/05/2012 10:48
Graziela, não sou cientistas, mas acredito que uma vez atuando no sistema nervoso, acredito que o remédio possa sim ajudar no tratamento contra o alcoolismo..Não acredito em paliativo, mas sim em cooperativo nesse sentido. abs, Andréa Fassina

Adicionar comentário

Incorreto, tente novamente.
Digite o texto acima: Digite o número do audio:
Compartilhe
Facebook
Twitter
Google+
RSS
 

SÓ NOTÍCIA BOA